quarta-feira, 17 de outubro de 2012

ASSOCIAÇAO PEDRO RIBEIRO DA LUZ

quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

Associação de Trovadores Pedro Ribeiro da Luz


No Rio Grande do Sul tradicionalista e cultural encontramos muitas gratas surpresas, algumas tomamos conhecimento, outras por falta de divulgação ficam sem ser percebidas.
Em Passo Fundo, por exemplo, temos alguns exemplos disso: Jornada Brasileira de Literatura, Festival de Folclore Internacional, Rodeio Internacional de Passo Fundo, várias universidades, etc., mas uma em especial hoje me reporto, por ser quase singular;

Lá existe uma ASSOCIAÇÃO DE TROVADORES, filiada ao MTG sob n.º 1771 e em dia com suas obrigações até 2008, que esse ano completa 15 anos de existência, pois foi fundada no dia 13/05/1994 pelas seguintes pessoas: Valdir Garcia, Piazito Carreteiro, Abrelino Menegol, Sidiney Menegol, Pedro Cavalheiro dos Santos e Avelino Marcolan.

A Associação fundada tomou o nome de PEDRO RIBEIRO DA LUZ, o patrono era trovador famoso e conhecido por todo o RS e ainda vivo nessa época, doado em comodato pela Prefeitura Municipal de Passo Fundo por 99 anos, renovável enquanto existir a associação.

Uma curiosidade sobre o nome da Travessa onde fica a sede da associação, é de que ela tinha outro nome, mas num acordo com os herdeiros da pessoa que detinha o nome desse local, foi trocado o nome, o nome antigo foi para outra rua contígua, sendo colocado o nome do trovador PEDRO RIBEIRO DA LUZ, isso por iniciativa do Vereador Edison Nunes.

O Patrão atual da entidade é ADEMIR PEDRINHO SAUGO,gestão dez/2008 à Dez/2010, que procedeu a uma restauração do galpão, está fazendo promoções para arrumar verbas para dar melhoramentos.a sede da entidade. No galpão tudo é devidamente limpo e arrumado com uma copa, uma cozinha,uma churrasqueira, uma bela cancha de bocha coberta que faz parte do galpão e um ótimo espaço para os eventos, como o que participei no dia 22/01/2009,a convite do parceiro HILTON ARALDI de um gostoso jantar sendo que após ficamos apreciando e rindo muito com as trovas que se sucederam com os participantes Gauchinho, Luizinho Araújo, Orlei Caramês e Avelino Marcolan, que não queriam mais parar de trovar, trovando nos estilos Mi Maior, Campeira, Martelo e Gildo de Freitas.Nesse dia também falamos com um bisneto do trovador Michael da Silva Mello.

Para os interessados em contatos a associação tem telefone: 54.3314.1169 e atende durante todos os dias da semana.

A associação além de sua sede própria têm também um galpão na Roselândia, conforme já escrevemos é o local onde fica o Parque de rodeios de Passo Fundo e onde é realizado o Rodeio Internacional de Passo Fundo, lá as Entidades têm galpões permanentes , que ficam construídos o ano todo, fazendo atividades culturais.


PEDRO RIBEIRO DA LUZ

Um dos grandes trovadores que existiu no Rio Grande do Sul, e que tive a oportunidade de partilhar de sua presença e arte em vários rodeios e eventos.

O Pedro, praticamente analfabeto, pois sabia somente assinar precariamente o seu nome, como consta no livro de atas da associação que leva seu nome, era de uma incrível verbosidade, quando começava a trovar, parecia que se transformava, tirando inspiração para discorrer sobre qualquer tema que lhe entregassem para trovar, como eu mesmo tive oportunidade de presenciar em trovas homéricas.

Pedro Ribeiro da Luz veio de Carazinho para Passo Fundo e faleceu no dia 03 de outubro de 1994 foi campeão do Rodeio Internacional de Vacaria por quatro ocasiões:

O primeiro rodeio onde se sagrou campeão foi no sétimo, onde concorreu na final com o famoso Gabriel Marinho de São Gabriel e o tema da final da trova foi RODEIO RIO GRANDE, nessa ocasião Pedro concorreu pelo CTG Getúlio Vargas, que na ultima hora foi buscá-lo em Passo fundo, onde era um desconhecido para a trova do Rio Grande, chegando a Vacaria no dia do inicio das eliminatórias, foi vencendo um a um seus adversários, começando a assombrar com a facilidade em fazer versos, qualquer que fosse o tema, chegando à final com o já afamado e culto Gabriel Marinho, num dos versos Pedro se referiu a 1ª Prenda do rodeio que também era do CTG Getúlio Vargas, e então o seu adversário trovou nos versos falando que Pedro tinha saído do tema, pois a resposta do Pedro foi avassaladora, perguntando se a referida prenda era da terra ou de outro planeta, num verso genial que praticamente lhe garantiu a arrebatar o tão alto título de Campeão de Trova do Grande Rodeio Internacional de Vacaria.Pedro concorreu em outras ocasiões, segundo nos contaram mais uma vez pelo CTG Getúlio Vargas, provavelmente no 9º rodeio, no 10º rodeio, concorreu pelo CTG Osório Porto de Passo Fundo também e na sua última participação concorreu pelo departamento Tradicionalista do Clube Industrial de Passo Fundo.

Pesquisa realizada por Paulo Guimarães em Passo Fundo, na Associação de Trovadores Pedro Ribeiro da Luz com Orlei Caramês e outros membros.
Pedimos a quem possa colaborar com a referida pesquisa, que nos enviem dados que possam corroborar os fatos ou modificá-los.

Nenhum comentário:

Postar um comentário