quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

AVENTURA AO ALEGRETE PARTE 3 A PARTIDA RUMO A ARROIO DOS RATOS 2008 18 DE OUTUBRO.

As fotos são da aventura e são ilustrativas, era do dia 18 de out de 2008 me acordo bem cedo pois ate Ate arroio serão 50 km , me despeço com pesar da minha mãe pois sabia que ia ficar longe de casa por um bom tempo e a jornada era longa.Me vou em direção a prefeitura da capital esta nublado fui e chove fininho la esta meu pau e uma equipe do correio do povo que farão a matéria  chego la e apos uma breve conversa com meu pai tomo o rumo de Guaíba para pegar a BR 290 e ir em direção a Arroio dos Ratos.
  A caminhada no começo e veloz e tranquila não tem sol passo as pontes cruzo eldorado , e pego a br 290, to bem com todo o gás, a paisagem e a mesma mato casa  fazenda e um retao medonho, passo pelo pedágio já são 2 da atrede e nada da cidade, caminho horas e horas e nada .
  O cansaço começa a bater na solidão da caminhada são horas a fio e nada , penso q não são 50 km e sim 60 km da capital ate Arroio e continua a caminhada sem fio  16 horas e nada da cidade, passo mensagens a Alessandro Godinho que e quem vai me receber em Arroio e também a Alegrete para informa los,.
  J a são 17 horas e começa a noitecer e nada da cidade ate q estourou o joelho de tanto esforço a diminuo a velocidade da caminhada, quero para mas continuo mas as 18 horas sem almoço sem nada resolvo papar e ligar para Alessandro e passo a SITUAÇÃO DESESPERADORA PARA ELE .
 estou a 8 km de Arroio mas não da amos pois tinha q descansar poi no outro dia eram 30 km para Minas do Leão. na estrada ele me pega e me leva para acidade e fica surpreendido a distancia que fiz , tinha me preparado uma festa mas ela e suspensa devido ao estado lastimava  em q me encontro e me leva para sua casa e me fez um churrascos onde sou bem tratado e a gente bateu altos papos.
  Me fazem curativos no joelho através de uma faixa longa a 23 horas vou dormir e rezar para que o joelho fique bom se não teria que desistir caminhei o equivalente 12 horas sem parar com uma mochila nas costas sem parada, não foi fácil esta primeira perna desta caminhada longa
 PRÓXIMA EIÇADO A IDA A MINAS DO LEAO

Nenhum comentário:

Postar um comentário