segunda-feira, 15 de outubro de 2012

REPORTAGEM DO DG NO INICIO DE 2012


Trova que já rodou quase todo o Rio Grande!

03 de janeiro de 2012 0

Trovador do Partenon já lançou CDs com suas trovas, percorre o Estado para fazer shows e gravará DVD em 2012.
Um dos gêneros mais populares do Rio Grande do Sul é a grande paixão de um músico do Bairro Partenon, Zona Leste da Capital. A figuraça, Vitor Hugo, 43 anos, começou com na arte da trova em 1991, ainda de maneira amadora. Na época, declamava em casa ou em festas de vizinhos. Não demorou muito tempo para chamar a atenção de patrões de CTGs, que começaram a chamá-lo para participar de festivais, competições e rodeios.
– Já participei de competições com mais de 100 trovadores e venci – conta orgulhoso.
Em 2009, Vitor Hugo vendeu mais de cinco mil CDs de um CD gravado naquele ano, estabelecendo uma vendagem significativa para um gênero em que poucos artistas arriscam-se a gravar CDs.
Improviso também marca as apresentações
O trovador já recebeu duas honrarias do Movimento Tradicionalista Gaúcho_ a comenda João de Barro_ por serviços prestados ao tradicionalismo. Em 2010, fez mais de 80 shows em rodeios e festivais por todo o Rio Grande do Sul.
– Faço trovas de improviso. Em muitas vezes, homenageio quem está na plateia. Já levei gente às lágrimas – conta Vitor Hugo, de 43 anos.
Uma das que mais faz sucesso com seus fãs é uma trova que ele cita o mais tradicional clássico do futebol gaúcho, o Gre-Nal.
– Faço trovas em vários estilos, desde martelo até milonga – conta Vitor Hugo.
Depois de ter gravado o CD, em 2009, o cara pretende gravar o primeiro DVD da carreira, algo raro entre trovadores.
– Fui um dos primeiros a gravar CD e vender tanto. E a expectativa para o DVD é grande, faremos algo bem diferente, registrando as trovas, fazendo até remixes dela – adianta.
Mesmo com o grande número de shows, o trovador se vira sozinho na divulgação de suas trovas e de suas apresentações.
– Precisamos de mais apoio, tem muita gente boa em apresentações de trova por todo o estado – comenta.
Para participar da seção, mande um pequeno histórico de seu grupo, músicas em MP3 e um telefone de contato para jose.barros@diariogaucho.com.br ou via site www.diariogaucho.com.br/falecomodiario
GrupoRBS

Nenhum comentário:

Postar um comentário